Produtos de limpeza preocupações com a saúde e o ambiente

Os produtos de limpeza utilizados nos serviços de limpeza, quer domésticos quer empresariais, são necessários para a manutenção do aspeto e brilho dos diversos locais quer em casa quer no local de trabalho. É reconhecido que os produtos de limpeza utilizados podem contribuir em muito para a eficácia da limpeza e o aspeto final das superfícies. Os produtos de limpeza podem ainda ajudar na remoção da sujidade, dos pós, alérgenos e agentes infecciosos, sendo cruciais para a manutenção das condições de habitabilidade e saúde dos diversos espaços interiores. No entanto, os produtos de limpeza convencionais podem apresentar diversas preocupações para a saúde dos ocupantes dos espaços e para o ambiente.

Os produtos de limpeza convencionais

Estes produtos de limpeza podem conter compostos químicos que irritam os olhos, a pele, as vias respiratórias ou causar perturbações diversas e sistémicas no organismo. Outra das preocupações relacionadas com os produtos de limpeza convencionais está associada às suas propriedades químicas, sendo muitos destes produtos de limpeza classificados como substâncias perigosas, representando riscos diversos na manipulação, armazenamento e eliminação das embalagens vazias.

Factos a considerar na utilização de produtos de limpeza convencionais

O especto mais importante a considerar quando se pondera a utilização de produtos de limpeza químicos convencionais é: – qual o efeito real destes químicos para o nosso organismo?

Considerando-se a história recente, verifica-se que muitos compostos considerados seguros no passado são atualmente considerados perigosos e, em alguns casos, concluiu-se serem cancerígenos. Os limites associados á exposição humana são geralmente incertos e, em alguns casos, bastante baixos na ordem das partes por milhão (ppm), o que hoje é considerado seguro poderá no futuro ser considerado perigoso.

  • Os compostos químicos voláteis que compõem os produtos de limpeza convencionais são normalmente libertados por evaporação para o ambiente enquanto que outros compostos menos voláteis podem ainda concentrar-se nas superfícies. Se não existir um processo correto de ventilação e higienização das superfícies com enxaguamento após a limpeza, estes compostos podem acabar por se concentrar no ar, na água ou nos utensílios de limpeza representando um risco de exposição e contaminação dos funcionários de limpeza e dos ocupantes dos espaços.
  • Alguns dos químicos presentes nos produtos de limpeza podem apresentar perigos na manipulação para as pessoas e toxicidade para os organismos aquáticos, quando as águas contaminadas com resíduos de produtos de limpeza entram nos rios, lagos ou oceanos. Como exemplo, após testes em laboratório, confirmou-se que o etoxilato de alquilfenol um componente surfactante comum utilizado em produtos de limpeza, é um disruptor endócrino que causa diversos efeitos na reprodução de diversos organismos.
  • Os produtos de limpeza que contêm fósforo ou azoto podem contribuir para o aumento da carga de nutrientes nas águas e proliferação de algas que destroem os ecossistemas.
  • Alguns dos compostos orgânicos voláteis presentes em certos produtos de limpeza podem afetar a qualidade do ar em espaços fechados causando efeitos nos olhos, nariz, irritação na garganta , dores de cabeça, perda de coordenação, náuseas, danos aos rins, fígado e sistema nervoso central. Algumas substâncias orgânicas podem ainda causar cancro em animais e, alguns destes químicos, são suspeitos ou conhecidos por causar cancro em seres humanos.
embalagens produtos limpeza

Quantas toneladas de plásticos e residuos resultam da utilização convencional dos produtos de limpeza?

Como se proteger a si e ao ambiente dos efeitos dos produtos de limpeza?

1. A solução para proteger a sua saúde e o ambiente passa, pela mudança dos produtos de limpeza utilizados, procedimentos e cuidados a ter. Convêm adoptar um sistema de limpeza ecológica também conhecido como limpeza verde (green cleaning). Com primeira medida aconcelhamos a substituição dos produtos de limpeza convencionais por produtos de limpeza menos perigosos e que possuam características ambientais mais positivas como:

  • Biodegradável e sem toxidade às pessoas e à vida aquática;
  • Isento de substâncias persistentes ou cumulativas;
  • Isento de compostos fosfatados acima de 0,5% em peso;
  • Isento de compostos clorados;
  • Baixa concentração de compostos orgânicos voláteis (VOC), até 10%;
  • Uso preferencial de tensioativos e solventes derivados de óleos vegetais;
  • Evitar substâncias derivadas de petróleo (recursos não renováveis);
  • pH preferencial entre 4 e 9;
  • Produto fornecido na forma concentrada, para minimizar custos com transporte e embalagem;
  • Preferência pelas embalagens reutilizáveis ou utilizar materiais recicláveis.

2. Como a eficácia da utilização dos produtos de limpeza dependerá em muito da utilização dos equipamentos mais adequados, será importante seguir as recomendações dos fabricantes para a utilização mais adequada dos diversos produtos de limpeza.

  • Utilize aspiradores equipados com filtros HEPA;
  • Utilize tecnologia de microfibras para os panos e mopas de forma a reduzir a utilização de produtos de limpeza;
  • Utilize equipamentos de alta durabilidade e reutilizáveis de forma a evitar resíduos;
  • Recolha e evite deitar no lixo comum os equipamentos em fim de vida entregando-os para reciclagem;
  • Utilize equipamentos ergonómicos de forma a reduzir vibrações, más posturas e diminuir a sua fadiga.

3. Adote procedimentos de limpeza amigos do ambiente. Mude a forma como utiliza os produtos de limpeza, siga rigorosamente as instruções do fabricante, não faça dosagens maiores que as recomendadas e mude as técnicas de limpeza utilizadas.

  • Considere sempre que a utilização de produtos de limpeza em doses superiores às recomendadas não melhora o resultado final da limpeza;
  • Pulverize a solução com o produto de limpeza no pano em vez de pulverizar a superfície a limpar;
  • Mude a frequência que muda a água utilizada na limpeza. A água com o produto de limpeza serve como um solvente para transportar e reter a sujidade. Se a água se apresentar suja só estará a deslocar a sujidade de um lugar para outro;
  • Se a área a limpar for considerável, equacione utilizar um sistema de limpeza com a técnica dos dois baldes: irá poupar em água e nos produtos de limpeza.

Na Prime Clean acreditamos que pequenos atos poderão trazer grandes mudanças, optar por produtos de limpeza naturais concentrados, preparados em reservatórios reutilizáveis como os que utilizamos da Green Bear, associados a equipamentos de alta qualidade e durabilidade com procedimentos sustentáveis para o ambiente, poderão conduzir a ambientes mais saudáveis e à preservação dos ecossistemas para as gerações vindouras.

produtos limpeza ecologicos

Um pequeno ato seu, poderá salvar o planeta para os seus netos…

Silvia Couto – Gerente Prime Clean


Fatal error: Allowed memory size of 85983232 bytes exhausted (tried to allocate 35 bytes) in /home/limpezas/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1856